Acórdão nº 0010800 de Tribunal da Relação do Porto, 13 de Novembro de 2000

Magistrado Responsável:CÉSAR TELES
Data da Resolução:13 de Novembro de 2000
Emissor:Tribunal da Relação do Porto
RESUMO

I - Não tendo sido alegado o justo impedimento na 1ª instância, não pode a Relação, em sede de recurso, conhecer dessa questão. II - O atestado médico para justificação da falta à audiência de julgamento de representante legal de sociedade não prova, só por si, que a referida sociedade estivesse impedida de se fazer representar em juízo no dia do julgamento. III - A justificação da falta de... (ver resumo completo)


    • Este documento está disponível na versão original somente para clientes da vLex

      Veja esse documento e experimente vLex por 7 dias
    • PROVE